Como fazer otimização SEO no meu site?

Como fazer otimização SEO no meu site?

Estudos apontam que, em média, 70% dos usuários que fazem buscas no Google clicam em resultados provenientes de pesquisa orgânica (sem anúncios), sendo que 60% clicam em um dos três primeiros resultados. Por isso, fazer otimização SEO é tão importante para que o seu site seja notado.

Para isso, é interessante ter uma ideia geral dos conceitos principais de SEO e alinhá-los com os seus objetivos, pois só uma estratégia bem aplicada trará resultados eficazes, por isso, separamos dicas importantes para você aplicar na sua página.

1. Atenção com as palavras-chaves

Defina as palavras chaves que serão utilizadas na sua estratégia avaliando o seu público alvo, através dos principais termos usados no seu negócio. Há ferramentas disponíveis na web para facilitar esse processo, como o Keyword Tool, por exemplo.

Durante a sua escolha, considere o uso de palavras-chaves de cauda longa, já que a concorrência entre palavras-chaves de cauda longa é bem menor em relação às curtas, aumentando o seu ranqueamento em termos específicos.

Em conjunto com as palavras-chaves, utilize sinônimos e palavras-chaves secundárias, de semântica parecida com as principais, mas lembre-se deixar o mais natural possível.

2- Invista em conteúdos de qualidade

Um conteúdo de relevância entrega uma solução rápida e eficaz para o usuário, e os motores de buscas são programados para rastrear conteúdos que consideram úteis. Sabendo disso, invista em textos cativantes e com ideias profundas.

Exemplo de formatos:

– artigos;

– tutoriais;

– guia informativo;

– passo a passo.

Jamais copie o conteúdo de outro site, pois isso é plágio e passível de penalizações. Ao invés disso, utilize os textos da concorrência como inspiração, utilizando outra abordagem e aplicando escrita criativa, desenvolvendo um conteúdo de qualidade superior.

3. Aposte em índices

Construa um índice, uma forma de esqueleto para organizar previamente quais serão os assuntos abordados para o leitor. Essa é uma técnica SEO que localiza seu conteúdo pela organização do texto, recomendando sua página como a que a melhor apresenta a solução para o assunto pesquisado.

Exemplo de estrutura:

– H1 (Heading 1). Título da página

– H2 (Heading 2). Subtítulos utilizados para dividir seu conteúdo em tópicos.

– H3 (Heading 3). Subtítulos do H2, devem ser utilizados para adicionar informações extras ao tópicos que serão definidos

4. Cuidado com as urls

Invista em urls amigáveis, pois os motores de buscas identificam a intenção do seu conteúdo justamente por meio desta. Facilite o processo deixando a sua intenção o mais explicita possível, mas não exagere, dê preferência para as curtas e de fácil interpretação, sem caracteres especiais e símbolos incomuns.

5. Não se esqueça dos links externos e internos

Quando combinados, atuam como nutrição e fortalecimento para boas práticas de SEO dentro do seu próprio domínio, quesito muito valorizado pelos buscadores, mostrando aos mecanismos quais páginas devem ser priorizadas para melhores ranqueamentos.

Lançar mão de linkagens no seu site também mostra o quanto a sua página é cuidadosa no embasamento de informações compartilhadas, trazendo autoridade e relevância de forma orgânica.

6. Lance mão dos backlinks

Estes são links que apontam do seu site para outras páginas e vice e versa. Esse é um dos principais fatores de ranqueamento no Google, já que a ferramenta entende que uma página linkada em muitos sites é de extrema relevância ao usuário, trazendo credibilidade para a sua página.

Consiga backlinks em guest posts, comentários em blogs ou ainda produzindo conteúdos de qualidade, já que uma hora ou outra, sua página será mencionada como referência no assunto.

7. Otimize Suas Imagens

O Google rastreia os sites de acordo com as imagens inseridas, como os motores de buscas não entendem exatamente qual é o conteúdo da foto, insira textos de apoio para facilitar o processo.

A forma mais fácil é ao nomear o arquivo, devendo sempre remeter ao conteúdo criado, como, por exemplo, “otimizacao-de-sites”.

8. Site responsivo

Um site responsivo carrega rapidamente e se ajusta a qualquer tipo de resolução de tela,, seja desktop ou smartphone. Esse também é um fator importante de ranqueamento no Google, além de ser uma maneira de evitar a perda de um cliente em potencial por não ter paciência com a lentidão da página.

Um site bem estruturado e amigável aos mecanismos de buscas pode aumentar a relevância da sua páginas significativamente, trazendo tráfego qualificado. Cada um desses elementos, no entanto, pode tomar enorme tempo, principalmente se não houver foco nos elementos certos. Sendo assim, considere a ajuda profissional de uma agência de otimização para alavancar seus resultados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Organização, força de vontade, busca por conhecimentos e um desafio não tão novo assim. Não fazemos promessas malucas, temos os pés no chão, privacidade sempre.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?